Posts

Pavan Zanetti participa de inauguração da Escola Senai do Plástico no ES

[Best_Wordpress_Gallery id=”31″ gal_title=”Escola do Plastico Senai ES”]

 

Dia 29 de outubro, a Pavan Zanetti participou de um momento histórico para a indústria do plástico do Espírito Santo: a inauguração da Escola Senai do Plástico “Antonio Carlos Torres”. A nova unidade funciona num espaço de 600 m2, no Senai Civit, município de Serra, região que abriga um grande número de empresas transformadoras de plásticos, responsáveis pela geração de 8 mil empregos, aproximadamente.

A Escola Senai do Plástico “Antonio Carlos Torres” tem capacidade para qualificar cerca de 800 profissionais por ano.  Oferece cinco espaços didáticos para atividades práticas do curso Técnico em Plástico e demais cursos de qualificação e aperfeiçoamento profissional, como laboratório de projetos e concepção de moldes, ferramentaria e ensaios mecânicos do plástico.

Além de fornecer para a oficina da escola uma máquina sopradora e injetora que está garantindo um aprendizado alinhado com as mais recentes tecnologias de transformação de plástico, a Pavan Zanetti também colaborou com a Semana Tecnológica promovida no local, de 26 a 31 de outubro, ministrando o curso “Tecnologia do Processo de Injeção e Materiais Plásticos” para 34 especialistas do setor, que atuam na indústria capixaba. Outras palestras e cursos foram realizados por demais empresas participantes do evento, como Braskem e Synchro-Plast.

Os investimentos na nova unidade chegaram a R$ 4 milhões, sendo R$1,2 milhão em equipamentos, o que coloca esta escola entre as mais modernas e bem equipadas para as atividades práticas e teóricas em seu segmento (fonte: Indústria Capixaba, Set/Out 2015, número 230).

Veja o vídeo:

A iniciativa é resultado de uma parceria do Sindiplast-ES (Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado do Espírito Santo) com a Findes (Federação das Indústrias do Espírito Santo), por meio do Senai-ES.

Várias autoridades e empresários estiveram presente na inauguração, entre eles o governador do Estado do Espírito Santo, Paulo César Hartung; o presidente do Sistema Findes/Cindes, Marcos Guerra; o presidente do Sindiplast-ES , Neviton Helmer Gasparini; o diretor regional do Senai-ES e superintendente do Sesi-ES, Luis Carlos Vieira; o diretor da Findes, Leonardo de Castro; o gerente do Sesi/Senai/IEL, Leonardo Mello; o prefeito de Serra, Audifax Barcelos; o diretor superintendente da Abiplast, Paulo Henrique Rangel Teixeira; o diretor superintendente do Sindiplast, Agostinho Miranda Rocha; o gerente industrial da Embali, André Gomes.

Também participaram professores e funcionários da escola, técnicos e engenheiros das empresas de plástico capixabas, além dos fornecedores dos equipamentos das oficinas.

“A falta de mão de obra qualificada já comprometia a competitividade das indústrias de plástico em relação a outros estados”, destacou o diretor da Findes, Leonardo de Castro.

O presidente do Sindiplast-ES, Neviton Helmer Gasparini, compartilhou da mesma opinião. “Sabemos que a instituição é apenas um passo para que tenhamos indústrias mais fortalecidas, competitivas e que contribuam ainda mais para o desenvolvimento econômico do Espírito Santo. Entretanto, foi um passo importantíssimo e que respondeu a uma angústia e a uma preocupação histórica do empresariado do setor”.

 

 

Sopradora da Pavan Zanetti é utilizada em curso do Senai no ES

Foi com grande satisfação que a Pavan Zanetti entregou para o Senai da Serra, no Espírito Santo, a primeira  sopradora do Sistema Nacional de Aprendizagem Industrial no estado. O equipamento da série Bimatic, modelo BMT3.6S, será utilizado no curso de Técnico em Plástico, inédito no Espírito Santo, que conta com cerca de 40 alunos e teve sua aula inaugural dia 29 de outubro.

O presidente do Sindiplast-ES (Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado do Espírito Santo), Néviton Gasparini, participou da abertura do evento e destacou a importância da iniciativa. “Com o curso, os trabalhadores poderão melhorar a qualidade e o conhecimento técnico e se aprofundarem neste setor que cresce cada vez mais em nosso Estado”, pontuou.

O estudante e também trabalhador do setor do plástico, Ademir Alves Teixeira Westfal, 35, trabalha na indústria há dez anos e comemora a oportunidade de se profissionalizar. “Vamos conhecer mais sobre o mercado, buscar inovação e conhecimento, colocar em prática na indústria e crescer profissionalmente” comentou Ademir.

O gerente do Centro Integrado Sesi/Senai – Civit I, Agostinho Miranda Rocha, explica que o curso foi estruturado com base no Senai de Mario Amato, do estado de São Paulo, que é referência nacional e internacional em tecnologia na indústria de plásticos. “O curso será um divisor de águas para a indústria do plástico no Espírito Santo. Os profissionais precisam desta habilitação regulamentada para trabalhar com qualificação técnica e nós do estamos com uma expectativa muita positiva”, destacou. O Civit I tem laboratórios práticos com foco na metalmecânica, o que facilitará a aprendizagem dos estudantes do curso de Plástico.

P1010659aa

Sopradora da Pavan Zanetti no Senai da Serra, ES.

Legenda: O diretor da Synchro-Plast de Campinas,  Igor Montone; o presidente do  Sindiplast-ES (Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado do Espírito Santo), Néviton Gasparini; Nilma Guimarães Abrahão, especialista em embalagens plásticas, e o engenheiro Antonio Dottori, representando a Pavan Zanetti.

bmt_3_6_S

 Bimatic, modelo BMT3.6S

Pavan Zanetti promove palestra na Semana do Plástico do Espírito Santo

Dia 28 de outubro, a Pavan Zanetti promoveu uma palestra técnica aos profissionais e empresários do setor de transformação de plásticos na 7ª edição da Semana do Plástico do Espírito Santo. O evento, realizado pelo Sindicato da Indústria de Material Plástico do Espírito Santo (Sindiplast-ES), acontece até o dia 7 de novembro, debatendo o tema “O plástico gerando negócios”.

A palestra da Pavan Zanetti abordou o tema “Máquinas para Transformados Plásticos: as adaptações às novas condições de trabalho, baixo consumo energético de segurança NR12” e foi ministrada pelo seu engenheiro de aplicação, Antônio Dottori.

Com o objetivo de dar mais visibilidade ao setor e mostrar o aspecto econômico e social do Plástico, a Semana do Plástico ES é o grande momento da Indústria do Plástico do Estado, como afirma o presidente do Sindiplast-ES, Neviton Helmer Gasparini.

“As atividades da Semana do Plástico ES são oportunidades para aproximação, troca experiências e conhecimentos entre os participantes. É um momento em que a Indústria de Transformados Plásticos leva mais informações sobre o setor para seus parceiros e a sociedade em geral, ganhando uma maior visibilidade no período”, afirma.
Também fazem parte da programação a exposição de produtos e atividades de integração para profissionais e empresários do setor.

Saiba mais informações sobre a 7ª edição da Semana do Plástico do Espírito Santo

clicando aqui.

Untitled-1-01
O engenheiro de aplicação da Pavan Zanetti, Antônio Dottori.

Untitled-1-03
Da esquerda para direita, Hudson Temporim Moreira, vice-presidente do Sindiplast ES; Neviton Helmer Gasparini, presidente do Sindiplast ES; Antonio Dottori, engenheiro de aplicação da Pavan Zanetti; Igor Montoni, diretor da Synchro-Plast; Alexandre Ferreira, gerente técnico comercial da Synchro-Plast; Kennedy Cardoso, da Krioplast, representante da Pavan Zanetti para o setor de injetoras nos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e na região Sul de Minas Gerais.

Untitled-1-02
O presidente do Sindiplast-ES, Neviton Helmer Gasparini.